Criador de galinhas é proibido de lavar o pinto na pia e desabafa: “meu maior prazer”

Criador de galinhas é proibido de lavar o pinto na pia e desabafa: “meu maior prazer”

Caso inusitado chamou a atenção nesta terça-feira (7) em Pinhão, interior do Paraná. Após abaixo-assinado feito por moradores, o jovem Genésio Duarte, 21 anos, foi proibido de lavar o pinto na pia de sua residência.

Genésio é morador da zona rural da cidade e assim como seu pai, cria diversos animais em sua fazenda. Para ele, a proibição é completamente injusta. “Desde criança sempre dei banho nos meus filhinhos aqui. Eles são parte da minha família e quero vê-los sempre bem arrumadinhos e cheirosos. Desde meu cachorro, minhas galinhas e meus pintinhos. Os bichinhos são a minha maior alegria e prazer”, disparou emocionado.

Após requerimento, Genésio busca na justiça a liberdade de poder lavar seus pintos livremente. “Aqui em casa a gente criou o hábito de tomar banho um dia sim e outro não. E a gente percebe que eles sabem o dia de tomar banho e ficam olhando com aquela carinha triste. Ainda pouco, ouvi um ‘pipipi’ e sabia que era meu pintinho”, revelou.

Por outro lado, vizinhos reclamaram que Genésio gasta muita água e não foi a primeira vez que tentaram conversar com ele. “Nada contra o pinto dele! São bem pequenos, uma graça. Porém, precisamos saber utilizar uma quantidade razoável por pessoa na cidade”, enfatizou moradora que não quis se identificar.

O caso deverá ser avaliado novamente nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *