Bolsonaro quer proibir metalcore e outros gêneros de rock no Brasil

Bolsonaro quer proibir metalcore e outros gêneros de rock no Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deus declarações polêmicas nesta terça-feira (21) no palácio do planalto.

A imprensa esperava alguma nota sobre o feriado de Tiradentes, o presidente não quis se pronunciar. Já no local de entrevistas, Bolsonaro tirou fotos com apoiadores e algo chamou a atenção. O presidente questionou o penteado de um dos jovens antes de tirar a foto e disse que se depender dele, medidas serão tomadas.

O jovem era Paulo Andrade, que usava uma camisa da banda Bring Me The Horizon. Fã do presidente, Paulo foi acompanhado de seu irmão, que estava com a camisa da banda Slipknot. Parecia ter sido somente uma brincadeira, porém, o presidente voltou a falar com o garoto: “Cê sabe o que significa essas músicas que você ouve?”

Visivelmente constrangido, o jovem apenas sorriu sem graça. Após o episódio, diversos jornalistas questionaram a atitude do presidente, que foi enfático: “Se querem saber, sim, sou contra metalcore e estes outros gêneros! Acha que aquelas banda com as máscaras e um monte de gente de vermelho promovem o quê? (Disse se referindo ao grupo Slipknot) Diz pra mim! O jovem tem coisas melhores para ouvir, sem contar as influências malignas que isso aí tem”.

Um dos jornalistas insistiu perguntando se era algo específico com alguma banda, Jair foi categórico apontando para o jovem com a camisa da banda Bring me The Horizon: “Tem que acabar o Bring me the isso daí, são jovens afeminados que depois crescem e viram um bando de desajustados. É até uma medida que mais para frente, podemos avaliar junto a secretaria da cultura, mas claro que só estou brincando com o garoto ali, tá ok?”.

Vale lembrar, que o vocalista da banda citada, Bring Me The Horizon, já falou sobre o presidente em um dos seus shows no país. Confira:

Ao término da entrevista, um dos apoiadores conversou com os jornalistas e comentou sobre o caso. “Eu entendo o que ele fala, sabe? E também cresci ouvindo diversos gêneros de rock e hoje vejo o quanto isso me influenciou para coisas não tão boas. Sobre o Slipknot, eu não duvidaria que trocaram o “C” de comunismo pela letra “K”, dá no mesmo”. – Disparou enfurecido.

Mais informações a qualquer momento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *